Dia de Museu!

Masp São PauloTínhamos que aproveitar este dia para visitar o máximo possível de museus, pois como descobrimos em Belo Horizonte, na segunda-feira fica tudo fechado.

Nosso primeiro ponto turístico foi o Masp, que começa a impressionar pela arquitetura externa: um museu suspenso sobre quatro pilares! No vão, abaixo do museu, acontecia uma feirinha de antiguidades bem interessante. No interior vimos obras maravilhosas e dos mais famosos artistas, inclusive do artista catarinense Victor Meireles. Como não sou uma admiradora de arte, só posso agradecer por todo conhecimento repassado pelos professores nas aulas de educação artística. A cada obra de arte, meu cérebro buscava informações adormecidas e fazia-me sentir mais familiarizada com todo aquele universo.
Devido ao horário aproveitamos para almoçar no restaurante que fica dentro do Masp. O preço não era de um restaurante popular, mas fez jus a variedade e sabor dos pratos e sobremesas servidos.

A tarde fomos à região da Praça da Luz no centro da cidade, onde temos três pontos turísticos muito próximos: a Estação da Luz, Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca.

A Estação da Luz é um prédio de bela arquitetura e muito bem conservado que abriga a estação de metrô, trem e o Museu da Língua Portuguesa. O museu é imperdível, principalmente por sua interatividade. O que mais curtimos foi o beco das palavras, mapa dos falares e a praça da língua (uma espécie de planetário da língua). Recomendo muito!

Do outro lado da rua, em um belo casarão muito bem preservado, está a Pinacoteca. Vimos diversas exposições, principalmente de arte contemporânea.

Obs: Devido o dia chuvoso e por ser proibido fotografar dentro dos museus, o dia de hoje foi o mais pobre em fotografias de toda a viagem!

Confira também

Comentários fechados.