Colonia del Sacramento a 20km/h

Desembarcamos em Colonia del Sacramento numa pequena estação rodoviária e seguimos a pé pela rua à frente (Rua Manuel Lobos). A poucas quadras encontramos uma loja de aluguel de motos e carrinhos de golf para tour pela cidade (no bairro histórico tudo é próximo, mas os outros pontos são mais distantes). Como havia lido essa dica no blog Os Mochileiros, e pareceu muito divertida a oportunidade de andar num carrinho destes no trânsito local, fomos conhecer Colônia motorizados ;)

ViagensDeCasal e o carro de golf Colonia del Sacramento Uruguai

Em poucos metros, você já se apaixona pela cidade devido sua arquitetura e a beleza da orla com o Rio da Prata cortando o horizonte. Por sorte (ainda estávamos meio atrapalhados com o mapa e o carrinho) paramos para almoçar em um restaurante na Plaza Mayor, onde concentra-se a maioria dos pontos turísticos.
O nome do restaurante era Pulperia D Los Faroles e tinha a visão de uma charmosa ruela que terminava com a orla. Eu pedi uma paella enquanto o Ricardo optou por estrogonofe de carne com purê de batatas. Depois da farofada do ônibus, um pouco de boa gastronomia!
Curiosidade: foi a segunda vez que comemos batatas cozidas no Uruguai e notamos que seu gosto é bem diferente das batatas que conhecemos no Brasil (batata inglesa, aipo e doce).

ViagensDeCasal no Pulperia D Los Faroles Colonia Del Sacramento Uruguai

Fomos diretamente ao Museu Municipal e na porta avisava 50 pesos (R$ 5,00). Logo pensei que seria um passeio um tanto caro se todos os 7 museus cobrassem este mesmo valor. Mas para minha surpresa (garanto que a de vocês também), esse valor dá direito a um tour por todos os museus abertos (eram 5 deles). Funciona assim, você compra o ingresso no Museu Municipal e ganha o ingresso grampeado num folder explicativo de todos os museus (em espanhol, inglês e português). A cada museu que você visita, seu ingresso é carimbado com o nome do museu.

Entradas Museus Colonia Del Sacramento Uruguai

Tínhamos um pequeno problema, eram 16 horas e os museus fechavam às 16:45. Partimos numa corrida contra o tempo para visitar o maior número de museus possíveis. Apesar das curtas distâncias, o carrinho nesta hora nos ajudou muito, pois fazia muito calor e ainda estamos com as pernas doloridas (lê-se, fazer alguma atividade física regularmente urgente).
Conhecemos o Museu Municipal, Museu Casa Nacarello, Museu do Período Histórico Português e o Museu do Azulejo. Só posso resumir que amei todos, pois além das peças históricas, os próprios museus são estruturas magníficas.

Encerradas as visitas aos museus era hora de visitar os outros pontos turísticos como: Passeo de San Gabriel, Plaza Mayor, Portón de Campo (restos da muralha da cidade com portão fechado por correntes igual castelos medievais, belíssimo!!!), Calle de los Suspiros, Ruínas del Convento de San Fancisco e Farol, Basílica del Santíssimo Sacramento, Casa del Virrey com o esqueleto de uma baleia azul, Fachada do Arquivo Regional e Resgate Arqueológico da Casa do Governador. É tudo fascinante, da vontade de discorrer sobre cada lugar. Mas, como ainda tenho muito para contar e o post já está gigante, deixarei para vocês sentirem suas próprias emoções quando tiverem a oportunidade de conhecer Colonia del Sacramento.

Farol Colonia Del Sacramento Uruguai

Como já havíamos explorado o bairro histórico, partimos com nosso potente carro pela orla (Avenida Costanera) até a Plaza dos Touros. A visão da orla é magnífica (belas e movimentadas praias) e a sensação por estar sendo ultrapassado a todo momento pelos outros carros divertidíssima.

Para minha surpresa a Plaza de Toro é uma belíssima arena onde se realizavam as touradas. Infelizmente está bem danificada e só pode ser visitada na parte externa, mas dá uma boa impressão da magnitude do lugar. Apesar de afastada do bairro histórico, vale muito a pena visitar. Seguimos até o museu dos naufragados, mas já estava fechado também.

Plaza De Toro Colonia Del Sacramento Uruguai

Já eram 18:10 e nossas passagens de volta estavam compradas para as 19horas. Devolvemos o carrinho na locadora e fomos para a rodoviária. Hora de retornar a Montevidéu.

Dica: chegue cedo à Colônia, alugue um carro de golf e divirta-se em um local que parece estar perdido no tempo. Ah se toda aula de história fosse assim!

Confira também

Comentários

  1. Estive em Colônia e foi tudo muito lindoooooo! Alugamos o carro de golf e comemomos no restaurante indicado! Grata pelas dicas! Ione

    • Olá Ione,

      Que bom que também gostaram de Colônia e que nossas dicas foram aproveitadas!

      Um abração e obrigada pelo seu comentário.

  2. Estou pensando em ir a Uruguai em outubro e procurando relatos de viagem, encontrei vcs. Muito bom!
    Algo sobre Punta Carretas e o Shopping?
    abraço!

  3. primeiramente parabens pelo blog. Estarei em Colonia sexta agora 11/05/12 entre 13,45 e 20,30 qual a sugestão de vcs para esse pequeno espaço de tempo? abs e obrigado

    • Comece pelos museus que fecham cedo e valem a pena! Alugue o carrinho de golfe mas fique ligado no horário da entrega (não me lembro se pode ficar até 20:30 com eles). Ao anoitecer, procure um lugar à orla. Dizem que é possível ver as luzer de Buenos Aires de lá!

  4. Olá! Descobri o site de vc e achei muito legal! Estou indo para Montevideu, Colonia e Punta em janeiro/2013. VI que vc também viajaram em janeiro.. Como foi o calor? Dá para passear? Qual a temperatura média que vc pegaram neste período? Muito obrigada. Um abraço!

    • Olá Cristiane,

      Infelizmente não saberia dizer a temperatura média que estava, mas posso informar que fazia um calor gostoso para curtir a viagem. As praias estavam cheias, mas ao mesmo tempo era possível caminhar sem desmaiar de calor. Aconselho levar um casaquinho leve, pois a beira-mar/rio as vezes venta um pouco (dica dada no post http://viagensdecasal.com/2012/01/10/um-dia-em-punta-del-este/).

      Espero que aproveite e goste do Uruguai tanto quanto nós!
      Uma ótima viagem e depois nos conte sua experiência.

      Abraço
      Vanessa