Mercado Central em Belo Horizonte

Em uma visita rápida à minha mãe em Belo Horizonte, não pude deixar de passar no Mercado Central. Um lugar que deve ser incluído em todos os roteiros pra quem visita a cidade.

Mineiro de adoção, dos cinco aos dezenove anos morei e vivi em Belo Horizonte. Aproveitei muito esta cidade, principalmente o mercado.

Localizado no centro de Beagá, o local está repleto de delicias e novidades. Ainda quando moleque, foi lá que descobri o açaí na tigela. Nem se falava em açaí no sudeste do país e já me deliciava com o fruto em forma de creme acompanhado de granola.

Além do açaí, outra parada obrigatória é no abacaxi em pedaço. As barracas expõem a fruta geladinha e lhe servem a metade do abacaxi no saquinho plástico para deleite do visitante. É uma delícia. Pra quem não gosta de abacaxi, há a opção da fatia de melancia. Também, uma ótima pedida.

Agora, o prato mais disputado e famoso de todo o mercado é o bife de fígado feito na chapa acompanhado de jiló. A disputa pelo cliente é grande já que os bares ficam nos corredores e um de frente para o outro. Para uma melhor visão, os atendentes se equilibram em engradados de cerveja para serem destaques em meio à multidão. Conseguir uma vaga no balcão é algo inimaginável e as conversas, geralmente, giram em torno de futebol. O bife de fígado servido em tiras é algo maravilhoso, desmancham na boca e o tempero que só aquela chapa bem gasta pode oferecer. O jiló, pra quem gosta ou experimente pela primeira vez (que não é o meu caso), é largamente elogiado. Dizem que não amarga e que é a combinação perfeita. A cerveja, sempre gelada por excelência. Não importa a hora da sua visita, sempre haverá uma chapa pronta para preparar o prato.

Por incrível que possa parecer, nesta minha visita, os bares estavam vazios e foi possível me acomodar com bastante espaço no balcão de um deles. Peço desculpas pela foto do prato. Pela fome, só me lembrei de tirar a foto já quase no final. :)

Pra quem está acostumado a ver apenas frutas, pescados e produtos artesanais nos mercados onde visita, irá ser surpreender. Lá, você terá barracas de frutas, verduras, farinhas, açougues, restaurantes, drogarias, bancos, lojas de decoração, presentes, artesanato, comercio de aves e animais em geral, cafeteira, botecos, ótica, sementeira, lojas de doces e artigos para festa, adegas, floricultoras, padarias, queijarias, tabacarias etc. Impossível listar tudo que há. A melhor opção para tentar conhecer tudo é ir passeando sem compromisso e aproveitar de tudo um pouco.

Pra quem vai de carro, o mercado oferece estacionamento pago.

20120526-131129.jpg

20120526-131143.jpg

20120526-131151.jpg

20120526-131157.jpg

20120526-131207.jpg

20120526-131217.jpg

20120526-131225.jpg

20120526-131234.jpg

20120526-131241.jpg

20120526-131252.jpg

20120526-131322.jpg

20120526-131335.jpg

Confira também

Comentários fechados.