City tour em Rio do Sul – Santa Catarina

Com os preparativos para o enxoval da Laura precisávamos ir a Rio do Sul, logo me animei para conhecer a cidade e fazer um post. Desde os tempos da faculdade ouvia a Cintia (amiga e leitora fiel do blog) falar com tanto carinho de sua cidade natal que tinha muita curiosidade de conhecer Rio do Sul. Então ninguém melhor que ela para dar as dicas de onde visitar e comer, que cumprimos a risca e você poderá acompanhar…

Saímos de Curitibanos (109 km de Rio do Sul) e fomos direto a uma loja especializada em bebês, chamada Sonho do Bebê. Fizemos nossas compras e aproveitamos para bater foto no cartão postal da loja, um bebê gigante. Segundo consta no site deles pesa 21,5 toneladas e é considerado o maior bebê do mundo.

ViagensDeCasal na loja Sonho do Bebê Rio do Sul

Missão Laura cumprida, era hora de almoçar e explorar a cidade. Fomos ao La Fiorentina, restaurante italiano muito aconchegante e saboroso. O Ricardo optou por Gnocchi al Pesto (molho de manjericão, alho, parmesão, castanhas e azeite extra virgem de oliva) e eu por spaghetti alla Gustavo Leão (massa integral com alho, manjericão, tomate em cubinhos, parmesão, lascas de filé mignon e azeite extra virgem). Hmmmmmmm… Recomendamos!

La Fiorentina Rio do Sul Santa Catarina

Visitamos a Catedral São João Batista que além de belíssima por fora, também é impressionante por dentro devido seus vitrais, pintura do teto, altar e portas em madeira talhada com motivos sacros. Realmente um belo cartão postal da cidade. Na diagonal da catedral fica a praça Ermembergo Pellizzetti que, apesar de estar em reforma, nos proporcionou um bom cenário para algumas fotos de recordação da gravidez. Na praça tem wi-fi de graça, projeto “Rio do Sul Conectada”. Nem preciso dizer que a cidade ganhou muitos pontos positivos com o Ricardo ;)

Catedral São João Batista Rio do Sul Santa Catarina

O Parque Municipal Harry Hobus é uma ótima opção para praticar exercícios ou simplesmente passear, pois possui pista de caminhada, ciclovia, aparelhos de exercícios, parque infantil e vários banquinhos em uma bela área verde sob um viaduto. Ficamos impressionados com a quantidade de ciclista pela cidade, um ótimo exemplo! Ah…aqui também tem wi-fi.

Parque Municipal Harry Hobus Rio do Sul Santa Catarina

Antes de partir, uma parada na Doce Companhia – Casa de Chá e Café. Por fora você não dá nada pela padaria, mas o balcão deles é sofisticado e de babar de tantas delícias e variedades de cucas. Fizemos nosso pedido e fomos a uma sala lateral onde sentamos para lanchar. Cuca e café em uma sala com jeitinho de casa de vó… duplamente delicioso! Pedi cuca integral de banana (orgulho da obstetra e da nutricionista!) e o Ricardo cuca de chocolate de café e farofa. Se você nunca provou cuca alemã, não pode deixar de provar. É algo muito bom! Atenção: a porção menor deles é 1/2 cuca. Opte por dividir ou levar o restante para casa ;)

Padaria Doce Companhia Casa de Chá e Café Rio do Sul Santa Catarina

Cucas e bolos da Padaria Doce Companhia Casa de Chá e Café Rio do Sul Santa Catarina

Café na Padaria Doce Companhia Casa de Chá e Café Rio do Sul Santa Catarina

Para quem tiver tempo, há muitos outros atrativos na cidade como a Ponte dos Arcos (passamos por ela), Museu e Arquivo Histórico (infelizmente só abre durante a semana), a Kegelfest (Festa Nacional do Bolão que ocorre em outubro). No site na prefeitura não tem quase nada de informação turística (#temqueverissoai). Além das dicas da Cintia, consegui alguma informação extra no site de uma feira.

Rio do Sul é uma cidade que vale a pena ser visitada por sua arquitetura européia, população muito simpática e receptiva com o turista, ser um polo têxtil, ser bem desenvolvida para uma cidade do interior e ter boas opções gastronômicas. Mas, principalmente, por ter tantas qualidades mesmo diante de seu triste histórico de enchentes. No inicio de setembro fez um ano da última enchente, mas nem parece. Parabéns a Rio do Sul e aos Riosulenses!

Confira também

Comentários