#Fica a dica para os trilheiros!

Depois de 4 dias de trilha intensa e mais 3 de caminhadas diárias, tivemos certo aprendizado que gostaríamos de compartilhar. A viagem foi no mês de setembro na Chapada Diamantina. Choveu pouco e fez um calor razoável, mas não insuportável. Durante o dia a temperatura chegava a uns 30°C e à noite menos de 20°C nos dias mais frescos. Então lá vai! Compilamos umas dicas para quem pretende fazer trilhas de média duração.

Paty_Dia1_20120920 (16)

MEIAS: Meias para as trilhas, sempre mais compridas. Evite meias soquetes, pois protege menos os tornozelos de eventuais animais indesejados, picadas e até sujeira. Não exagere na “fofura” das meias para caminhada, pois isto pode dar um calor absurdo! Além de as costuras incomodarem conforme o tempo de caminhada. Calcule 1 por dia, para não precisar lavar todo dia. Salvo se você ficar 1 mês no mato, leve 1 para cada dia mesmo para evitar frieiras etc.

A meia comprida do JP é melhor que a curtinha!

A meia comprida do JP é melhor que a curtinha!

ITENS DE HIGIENE: evite levar coisas desnecessárias, por exemplo xampu e condicionador! Por mais que você queira deixar suas madeixas bonitas, fará pouca diferença no fim do dia e você só carregará peso inútil para a ocasião. No mato, o objetivo não é exibicionismo, mas superação! Estes itens são desnecessários, mesmo se está viajando de casal. Ou melhor, é uma prova de amor NÃO levar estes itens, já que com o cabelo sedoso ou não seu parceiro deve continuar a ser seu parceiro. Isso foi o mais inútil das nossas mochilas. O desodorante ainda é necessário e sabonete também! Dá uma aliviada no fim do dia! Sugiro o sabonete líquido, pois assim ele pode servir de xampu. Cremes para a pele são completamente desnecessários. Depois de um banho o que você precisa passar é repelente, portanto, economize peso nas costas e creme.

ROUPAS: se você passar mais de 2 dias na trilha, leve no máximo 2 ou 3 camisetas dry-fit para as caminhadas, pois logo que chegar nos pontos de apoio, lave a que usou e deixe secando durante a noite. Use a 2ª camiseta. Guarde apenas 1 camiseta para dormir e colocar depois do banho à noite. É mais que suficiente, considerando a relação peso-benefício da coisa. Esta camiseta para à noite pode ser de algodão, pois como no mato é mais frio, ela aquece melhor o corpo. 1 blusa de fleece é essencial. Além de leve, quebra um super galho para durante o dia ou à noite em momentos de clima mais fresco. Para as pernas, calça. Bermudas te deixam vulnerável ao ataque dos animais e também aos arranhões das plantas. Melhor ainda se for daquelas calças que você pode tirar um pedaço da perna para virar bermuda, pois ajuda e muito.

A blusa de Fleece amiga e companheira da manhã gelada!

A blusa de Fleece amiga e companheira da manhã gelada!

COMIDA: se você fizer o passeio com guias, informe-se se ele carregará este item para você. O nosso guia levou toda a comida, não passamos fome e não precisaríamos ter levado nada… máximo um chocolatinho (que derreteu no caminho) até que o jantar saia nas casas dos nativos, mas realmente foi desnecessário. Acabei comendo para carregar menos coisa nas costas, mas se quiser levar algo, recomendamos fortemente barrinhas de proteína e sachês de carboidratos, que cumprem melhor a função e dá um bom gás para continuar a caminhada, que fica puxada a cada hora que passa. No caso dos sachês de carboidrato, quando você sente que vai esgotar, mas ANTES disso acontecer, tome um sachê, dá umas 3 goladas generosas de água e aguarde uns 20 a 30 minutos para sentir aumentar a barrinha da sua vida, como em vídeo-games. Rsrs. É mais que suficiente. De 2 a 3 por dia é um número excelente. Em todos os dias de nossa caminhada, realmente os consumimos no último dia, que foi o mais puxado. A cada 1 hora ou 1 hora e meia, tomávamos mais 1 sachê e isso deu o gás que precisávamos.

Paty_Dia1_20120920 (273) Paty_Dia2_20120921 (223)

ÁGUA: não espere ter sede para encher a barriga de água. A maioria acaba se desidratando sem notar. Acostume-se a hidratar a cada 30 minutos, pelo menos. Assim, vc garante um melhor rendimento e um dia seguinte muito mais agradável. Os sintomas da desidratação são bem ruins, podendo apresentar fortes dores de cabeça, diarreia, dor de estômago até vômitos. Daí a quantidade é um dilema. Cada um tem que avaliar sua necessidade. Para mim, 0,5L de água para cada hora de caminhada foi suficiente (o clima era quente e as inclinações razoáveis. O nível era de moderado a forte), já o João, beberrão, consumia em média 1L a cada hora. Talvez por ele usar o camel bag e aquela mangueirinha ficar ali do teu lado te seduzindo isso deva ter facilitado. De qualquer forma, se você ainda não conhece este seu lado, busque conhecer. Nos treinos da academia eu tenho o mesmo consumo de água (0,5L/h), talvez seja um bom indicador. Mas lembre-se que tudo dependerá das condições climáticas da caminhada. Quanto à água, melhor carregar mais peso do que faltar até que você tenha em mente o que realmente precisa. Até isso acontecer, peque por excesso para não se arrepender! E dê preferência para Camel bags (~2L), que ficam armazenadas em locais onde pegam menos sol e conservam uma temperatura mais agradável para consumo do que as velhas garrafas (a não ser que você tenha uma garrafa térmica). Mas garrafas também são bem-vindas, se você precisar de mais de 2 L de água. Acostume-se que a água do rio será sua única fonte! não tem barraquinha nas trilhas!

O Rio Negro e sua água, acreditem, potável!!!!

O Rio Negro e sua água, acreditem, potável!!!!

Água do rio Negro....por isso a cor amarelada.

Água do rio Negro….por isso a cor amarelada.

 

TOALHAS: toalhas superfinas são excelentes! Servem para se enxugar, proteger do sol, fazer piquenique… enfim… são bem uteis! Leve 1 por pessoa! Dá para aguentar tranquilo por mais de 5 dias! Se você tem problemas com o nariz escorrendo durante as caminhadas, vale levar uma outra para este fim!

Paty_Dia4_Poco_Azul_20120923 (61)

PROTETOS SOLAR: não deixe de passar mesmo em dias nublados, ou você terá que se acostumar com marquinhas indesejadas ou pior, com as marcas incômodas de quem exagerou na exposição…rs. Também existem roupas de caminhada que são leves e possuem protetor UV. Além de você economizar no protetor, tenho a impressão que você sua um pouco menos e a probabilidade de manchar sua roupa, portanto, é menor. Como estas roupas são carinhas, talvez valha a pena ainda usar o velho e bom protetor até achar que vale a pena investir nas roupas com UV.

Paty_Dia1_20120920 (226)

CAPA DE CHUVA: é muito bom levar, sobretudo se a região da sua caminhada for uma área de microclima. Pode chover, ventar, fazer um baita sol tudo no mesmo dia. De qualquer forma, é sempre boa para cortar o vento e te proteger, minimamente, da chuva que cair sobre tua cabeça.

O pacotinho rosa amarrado na minha cintura é a capa de chuva!

O pacotinho rosa amarrado na minha cintura é a capa de chuva!

REPELENTE: sem dúvidas o extreme exposis é o melhor repelente que já testei! Bom, se você tem alergias etc, melhor se precaver, usar roupas mais compridas que cubra o máximo do teu corpo e passar somente nos lugares que ficarem expostos. Compre 1 frasco por pessoa se for para algum lugar de clima quente em que você vai suar. Se for para algum lugar frio, vai usar bem menos.

Ai as mutucas!!!

CALÇADO: por mais que você ache que tem o calçado mais confortável do mundo, ainda assim no final da caminhada você verá que sua unha machucou, que o calcanhar raspou, que o peito do pé apertou… enfim… mais de 30km com o tênis e você já vai saber onde se precaver para a próxima vez. E de jeito nenhum tenha dó dele! ele tá ali para te auxiliar, não para sair intacto!

Paty_Dia1_20120920 (147)

MOCHILA: ahhh a mochila! Gente, INVISTAM na mochila!!! SÉRIO! Digo porque em diversos momentos eu tive vontade de abandonar a minha pelo caminho, mas como não era permitido deixar lixo para trás…. não consegui largar lá mesmo aquela bodega pesada! Bom, ESSENCIAL para trilhas médias a longas que a mochila tenha barrigueira (para quem não sabe, aquele cinturão que tem em mochilas para trilhas e acampamento). É o básico! É legal também ter bastante bolsinho e lugares para pendurar as coisas para distribuição melhor do peso. Vejam como fiquei parecendo uma árvore de Natal na tentativa de aliviar os ombros… quanto ao tamanho dela… tudo vai variar, mas acredito que uma de uns 30 a 40L é mais que suficiente para uma trilha de médio prazo. A do JP é de 70L, na minha opinião, muito grande e já muito pesada! tem umas ultralights legais no mercado… e são pequenas para estas ocasiões.

Árvore de Natal ambulante

Árvore de Natal ambulante

A mochila correta para trilhas!

A mochila correta para trilhas!

ITENS INDISPENSÁVEIS: boné (se tiver aqueles com um paninho na nuca, para quem não tem cabelo comprido, facilita), óculos de sol confortável, calçado confortável, repelente, protetor solar, garrafa d´água, roupas dry-fit, meias, sachês de carboidrato, arrume um cajado no caminho ou invista naqueles sticks de caminhada (a desvantagem deste último é que terá que carregá-lo para todos os lugares, já o “natural”, você abandona no final da trilha do dia e me parece ser até mais sustentável…rs). E o mais importante é aprender o significado da palavra DESAPEGO!

O Cajado!

Confira também

Comentários