Lua-de-mel em Buenos Aires: Dicas para o planejamento

Buenos Aires é um dos destinos mais procurados para lua-de-mel e viagens de casais, seja por seus  atrativos (arquitetura, gastronomia e cultura) ou por seu custo-benefício (pelo menos aqui no sul, mesmo sendo uma viagem internacional, os pacotes são mais baratos que uma viagem para o nordeste!).
Nossa viagem para a capital Argentina foi em março de 2008, em nossa lua-de-mel. Foi uma viagem rápida de 3 dias, mas inesquecível. Mesmo completando quase 5 anos  que nossa viagem aconteceu (faz tempo, hein morzão?!), resolvi relatá-la, pois alguns amigos tem escolhido este destino e nos pedido dicas. Espero que sejam úteis…

Ricardo e Vanessa nosso casamentoNo ritmo de orçamentos para o casamento, começamos a pesquisar passagem aérea e hotel para Buenos Aires, mas para nossa surpresa nada conseguia ganhar do preço oferecido pelas agências de viagens. Mesmo que você seja super independente para montar viagens, sempre vale a pena orçar com uma agência. Além de um bom preço, você também pode conseguir algumas dicas valiosas!
Fechamos um pacote com a CVC, onde recebemos uma importante dica sobre hospedagem em Buenos Aires. Os hotéis são em sua  maioria muito antigos, logo o número de estrelas não corresponde ao nosso, está abaixo. Por isso, quando reservar um hotel escolha uma categoria maior do que escolheria no Brasil ou solicite um hotel moderno. Ficamos no hotel Vista Sol, muito bom e bem localizado! Apesar do quarto ser pequeno, o hotel é bem aconchegante. Nada de quarto de vó ;)

ViagensDeCasal Hotel Vista Sol Buenos Aires Argentina     ViagensDeCasal Hotel Vista Sol Buenos Aires Argentina

Quarto hotel Vista Sol Buenos Aires Argentina   Banheiro Hotel Vista Sol Buenos Aires Argentina

Se tiver a oportunidade de escolher os dias da semana para viajar, opte por estar em Buenos Aires num domingo, pois você precisa ir à Feira de San Telmo. Compramos um presépio com personagens de feições andinas, uma gracinha! Mas esta Santa Ceia também era linda…

ViagensDeCasa artesanato Feira de San Telmo Buenos Aires Argentina

Nosso pacote incluía um tour de meio-período pela cidade, o que foi muito proveitoso, pois permitiu ter uma ampla visão dos principais pontos turísticos sem ocupar muito tempo de nossa viagem. Localizados na cidade, era hora de nos aventurarmos sozinhos…
Quando perguntávamos se era perigoso ir a algum lugar, todos riam e diziam que não, então conhecemos boa parte dos lugares a pé. E isso que nossa estadia foi durante um panelaço! Importante: Não sei se ainda está seguro assim.

ViagensDeCasal Panelaço 2008 Buenos Aires Argentina

Ah… assim que chegamos vimos muitos locais e monumentos pixados. Mas pelo que entendemos isso faz parte da forma de manifestação política deles, no caso devido o panelaço que estava por ocorrer.

Monumento pixado Buenos Aires Argentina

Outra dica são os táxis… não existe centavos para eles, sempre arredondam para cima. E também dirigem loucamente, sem respeitar a faixa de separação das pistas. Não se assuste!

Para quem quiser aproveitar a viagem a Buenos Aires e esticar até o Uruguai, há saídas diárias de barcos que fazem o trajeto pelo Rio da Prata até Colônia do Sacramento ou Montevidéu. Não tivemos a oportunidade de fazer este passeio, pois nossas viagens a Buenos Aires e Montevidéu ocorreram com quase 3 anos de diferença, mas acredito que deve valer a pena!

Como não podia faltar, minhas dicas gastronômicas são: comer alfajor, empanadas (deliciosos salgados assados com diversos recheios), qualquer coisa com doce de leite e  bife de chorizzo (famoso bife argentino de grande espessura e muito saboroso).

ViagensDeCasal bife chorizzo Buenos Aires Argentina

Contrariando todos os preconceitos, os portenhos foram muito simpáticos conosco. É um povo gentil e que adora conversar. Então, deixe a rixa futebolística de lado e ponha seu portunhol em prática.

Sobre a documentação exigida para viajar à Argentina, segundo informações do próprio site da Secretaria de Estado da Segurança Pública -Instituto Geral de Perícias, na seção Emissão de Carteira de Identidade em Santa Catarina, informa que “A Carteira de Identidade pode substituir o passaporte em países do Mercosul, desde que a mesma tenha sido emitida há menos de dez anos“. Cuidado então com documentos muito velhos ou com fotos que não pareçam com você atualmente! Mas, se preferir ter como lembrança da viagem o carimbo da imigração argentina, basta entrar com o passaporte.

Tivemos uma ótima experiência em Buenos Aires que com certeza deixou saudades. Apesar de já ter ouvido algumas reclamações de amigos sobre suas viagens, conosco foi tudo perfeito e por isso recomendamos!

ViagensDeCasal Buenos Aires Argentina

Confira também

Comentários

  1. Muito bacana. É sempre bom ir a Buenos Aires, ainda mais pra comemorar um casamento. Principalmente encontrando manifestações típicas portenhas pelo caminho, como um panelaço.